21 / 05 / 2020 - 18h03
Otan fará reunião urgente após EUA anunciar retirada do Tratado de Céus Abertos

Embaixadores dos países-membros da Otan foram convocados para uma reunião de urgência amanhã após o anúncio de retirada dos Estados Unidos do Tratado de Céus Abertos, feito pelo presidente americano, Donald Trump, sob a acusação de violação do acordo pela Rússia, informaram diplomatas, hoje.

A reunião foi convocada para analisar as consequências da decisão anunciada pelo presidente Donald Trump. A saída dos Estados Unidos do tratado será efetivada em seis meses, acrescentaram as fontes.

"A Rússia não aderiu ao tratado", disse Trump a um grupo de jornalistas. "Até aderirem, nós nos retiramos", acrescentou.

O acordo permite verificar movimentações militares e medidas de controle de armamentos dos 35 países signatários.

Donald Trump não fechou a porta a uma nova negociação do acordo. "Acho que o que vai acontecer é que nos retiraremos e eles virão e pedirão que negociemos um acordo", acrescentou. "Temos tido muito boas relações com a Rússia recentemente".

No entanto, a decisão de Washington foi criticada no âmbito da Aliança Atlântica. "Todos os aliados tinham pedido aos Estados Unidos que continuassem fazendo parte do tratado", explicou uma fonte diplomática.


FONTE : UOL