31 / 03 / 2020 - 19h20
Dólar e ouro lideram ganhos, e Bolsa tem pior trimestre da história.
Pelo terceiro mês consecutivo, o dólar e o ouro lideraram os ganhos entre os investimentos no mercado brasileiro, e a Bolsa teve o pior desempenho numa lista selecionada de aplicações. Essa tendência, que já vinha desde o início de 2020, ganhou força, porque cresceu o receio entre investidores de que a economia sofra ainda mais em meio à pandemia de coronavírus.
 
Com mais essa perda mensal, o Ibovespa teve entre janeiro e março o pior trimestre de sua história (-36,86%), conforme dados da empresa de informações financeiras Economatica. Antes, a maior perda da Bolsa havia sido registrada no terceiro trimestre de 1986, quando o índice recuou 36,25%.
 
No sentido contrário, dólar e ouro foram beneficiados pela procura por segurança entre os investidores, que temem uma forte recessão global, o que vai afetar as vendas e os lucros das empresas. A moeda americana teve a maior valorização mensal desde setembro de 2011.
 
No trimestre, foi a terceira maior valorização da divisa ante o real, perdendo para variações no terceiro trimestre de 2002 e no primeiro trimestre de 1999, quando as altas foram de 36,93% e 42,47%, respectivamente.