11 / 01 / 2019 - 18h02
Hernanes ganha faixa de capitão no São Paulo: "Respeito pela história"

Hudson terminou 2018 como capitão do São Paulo, depois de ver o posto passar por Petros e Sidão. A ideia era que ele seguisse com a faixa nesta temporada, mas o volante debateu com companheiros e decidiu entregá-la para Hernanes, como forma de homenagem ao ídolo recém-contratado pelo Tricolor: "Nada mais justo do que, pela sua história, pela sua importância e por ser um ídolo do clube, você reassumir essa braçadeira". A atitude, como mostrou vídeo da SPFCtv, deixou o Profeta comovido.

VEJA MAIS:
- Pablo estreia e fica com "boa impressão do time"
- Liziero mostra que pode ser chave para enterrar fantasma
- São Paulo começa a mostrar sua cara, diz Jardine

"Fico feliz de voltar e assumir essa responsabilidade. E Ã© um prazer também usar a faixa de capitão de um clube como o São Paulo. Ainda mais sem imposição, mas sim de uma forma espontânea, que surge do entendimento do próprio elenco de jogadores", salientou o camisa 15.

A passagem da faixa de capitão aconteceu na última quinta-feira, no vestiário do estádio Al Lang, em São Petersburgo, nos Estados Unidos. Após discurso de Hudson, os atletas tricolores bateram palmas. Hernanes, que já havia sido capitão em 2017 logo na estreia após ser emprestado pelo Hebei China Fortune, repetiu a dose contra o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, pela Florida Cup.

"Estou muito contente por essa acolhida que recebi e essa demonstração de respeito por minha história e tudo o que fiz pelo São Paulo. Essa é mais uma coisa que vou guardar com carinho", agradeceu.

A diferença para 2017, quando marcou até gol em virada épica contra o Botafogo por 4 a 3 no Engenhão, é que a estreia de Hernanes como capitão em 2019 foi com derrota por 2 a 1 para o time alemão. No segundo tempo, do jogo da Florida Cup, Nenê ficou com a braçadeira.


FONTE : UOL
   


Publicidade