09 / 02 / 2018 - 12h24
Pressionado, Coritiba medirá forças com Londrina em prévia da Série B

Se o período é de experiências para o objetivo central do Coritiba no ano, o jogo contra o Londrina neste sábado, 16h30 no Estádio do Café, será o melhor termômetro possível. Rival do Coxa na Série B e por dois anos seguidos tendo ficado a três ou menos pontos para conseguir o acesso, o Londrina tem a mesma pretensão do Alviverde na temporada.

O choque é decisivo também para as aspirações de ambos também no Paranaense. Vice-líder do Grupo B com seis pontos, o Londrina pode se classificar se vencer e o Toledo perder para o Cianorte, que é o terceiro no grupo do Coritiba. Por sua vez, o Coxa precisa exatamente das combinações opostas às que ajudam o Tubarão: tem que ganhar e torcer pelo Toledo contra o Cianorte e por Atlético-PR contra o Cascavel ou União contra o Foz do Iguaçu, ao menos um destes resultados, para seguir com chances de chegar nas semifinais da Taça Dionísio Filho, o primeiro turno do Estadual.

Mas a medida do duelo irá valer para saber como os rivais na disputa nacional estão na preparação para essa corrida. O Coritiba de Sandro Forner fez cinco jogos e conquistou apenas uma vitória, incluindo jogos na Copa do Brasil. Sucumbiu ao time alternativo do Atlético-PR no clássico e já vive uma pressão que fez com que o novo presidente do clube, Samir Namur, fosse aos microfones das rádio de Curitiba pedindo paciência.

"É início de trabalho, a gente da diretoria está colocando em prática uma convicção, não dá para esquecer que o Coritiba vem jogando e conseguiu a classificação, mesmo jogando mal, com jogadores da base, que era uma proposta nossa", declarou Namur, que vinha evitando dar entrevistas. O clube modificou nada menos que 27 jogadores do elenco 2017, sendo que grande parte da equipe atual é formada pelos jovens que chegaram ao vice-campeonato brasileiro sub-20 sob o comando de Forner, no ano passado.

Invicto no ano, o Londrina também venceu pouco até aqui: apenas duas vezes em cinco jogos, incluindo a Copa do Brasil. A pressão é menor, mas a preocupação é parecida: "Acredito que a nossa equipe estará mais preparada e mais capacitada para entrar com força total diante do Coritiba. Pouco a pouco, nossa equipe vai se encaixando e vamos conseguindo as vitórias naturalmente", disse o goleiro César em coletiva. O Tubarão também passa por uma mudança: no banco de reservas está Ricardinho, ídolo de Corinthians, Paraná e outros, que substituiu Claudio Tencati após seis anos no comando do time. Lá também está Keirrison, atacante revelado e que esteve no Coxa em 2018.

LONDRINA X CORITIBA

Data: 10 de fevereiro de 2018, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Motivo: 5ª rodada do Campeonato Paranaense
Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)

Árbitro: Fabio Filipus
Assistentes: Cristian Eduardo Gorski da Luz e Andrey Luiz de Freutas

Londrina: César; Matheuzinho, Dirceu, Luizão e Felipe; Germano, Rômulo, Thiago Primão e Rodrigo Figueiredo; Gustavo Tocantins e Carlos Henrique. Técnico: Ricardinho.

Coritiba: Wilson; César Benítez, Thalisson Kelven (Alex Alves), Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho (João Paulo), Júlio Rusch e Thiago Lopes; Iago Dias, Guilherme Parede e Kleber.. Técnico: Sandro Forner.


FONTE : UOL
   


Publicidade