10 / 01 / 2018 - 12h00
Inter: Manutenção de grupo e trabalho agrada elenco e adianta preparação

A manutenção do trabalho e do comando técnico, além da permanência da maioria dos jogadores da temporada passada será a chave do sucesso do Inter em 2018. Esta é a opinião dos jogadores no início da pré-temporada. Até mesmo os trabalhos de preparação foram adiantados pelo conhecimento mútuo entre Odair Hellmann e o elenco.

O atual treinador é auxiliar da comissão técnica permanente do Inter. Ou seja, conhece os jogadores independente do treinador principal no ano passado. Sempre fez trabalhos com todos, seja sob tutela de Guto Ferreira ou Antonio Carlos Zago.

"É a manutenção do trabalho. Nas férias já sabíamos o que iria ter, tipo de trabalho, conceito de jogo, não mudar esta questão é muito imporante para nós. Dá uma continuidade muito boa. Não ter esta adaptação, ainda mais numa pré-temporada curta. Ele (Odair) teve este beneficio, uma etapa adiantada, não perde tempo com conceitos, porque nós já sabíamos o que ele espera. Então tivemos esta vantagem de começar com trabalhos adiantados", disse o lateral esquerdo Uendel.

E isso será fundamental no crescimento do grupo. Até porque pouco mudou no Inter. Em relação ao ano passado, deixaram o grupo atletas que não eram titulares como Carlos, Carlinhos, Léo Ortiz, Roberson e Diego. E chegaram, até agora, Ruan, Gabriel Dias, Dudu, Patrick, Wellington Silva e Roger.

"E esperamos evoluir em relação ao final do ano passado. Já fizemos três bons jogos com ele (Odair), tivemos uma melhora em saída de bola, um time que goste de sair jogando desde o goleiro, um ataque bem posicionado, uma transição rapida, uma defesa organizada demos continuidade... Procuraremos ser bem organizados, sem ligações diretas, defesa e ataque em harmonia", salientou o ex-corintiano.

O Internacional estreia em competições oficiais no dia 18 contra o Veranópolis. Neste sábado encaram o Lajeadense em amistoso.


FONTE : UOL
   


Publicidade