17 / 10 / 2020 - 11h00
Bruce Springsteen promete sair dos EUA caso Donald Trump seja reeleito

O cantor Bruce Springsteen declarou anteontem que, caso o presidente norte-americano Donald Trump seja reeleito nas eleições de novembro, ele deixará os Estados Unidos.

Em entrevista ao jornal australiano Daily Telegraph, o músico de 71 anos foi taxativo ao prever que Trump não ganhará um novo mandato à frente da Casa Branca. No entanto, Bruce indicou que pegaria o primeiro avião rumo à Austrália se o resultado fugisse daquilo que ele previu.

"Se Trump for reeleito — o que ele não será, estou prevendo agora mesmo que ele vai perder —, se por algum acontecimento ele fosse reeleito, eu verei vocês no próximo voo [para a Austrália]", afirmou o cantor dono de sucesso como "Born in the U.S.A." e "Streets of Philadelphia".

"Born in the U.S.A." tem sido, inclusive, utilizada por apoiadores de Donald Trump como um hino nacionalista quando, na realidade, a letra faz críticas ao país.

Em outras oportunidades, Bruce Springsteen já havia se posicionado contra Trump, dizendo que ele é uma "ameaça à democracia americana" e criticando a forma com que o presidente lidou com a pandemia do coronavírus e mandando ele "colocar a p**** da máscara".

Na disputa pela presidência dos Estados Unidos, Joe Biden aumentou a vantagem sobre Donald Trump, de acordo com pesquisa divulgada pela CNN no dia 6. O democrata aparece com 57% das intenções de votos, enquanto o republicano tem 41%. Na pesquisa anterior da CNN, Biden aparecia com 50% e Trump com 46%.


FONTE : UOL