04 / 08 / 2020 - 18h00
Não há relatos de brasileiros mortos em explosão em Beirute, diz Itamaraty

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil informou não haver cidadãos brasileiros "mortos ou gravemente feridos" até o momento em decorrência da explosão que atingiu hoje a zona portuária de Beirute, no Líbano. Uma nota oficial foi divulgada às 17h03, horário de Brasília.

Apesar de não haver relato de casos graves e de nenhum militar brasileiro ter ficado ferido, há informações de que a mulher de um brasileiro estava próxima ao local da explosão e foi atingida por estilhaços. De acordo com a coluna da Carla Araújo, ela foi encaminhada para o hospital. A identidade da mulher não foi revelada.

Na nota, o Itamaraty se prontificou a prestar assistência consular. Além disso, comunicou que seguirá acompanhando a situação por meio da Embaixada do Brasil em Beirute junto a uma equipe em Brasília.

Ainda no comunicado, a pasta se solidarizou "com o povo e o governo do Líbano pelas vítimas fatais e pelos feridos" do incidente.

O ministro da Saúde libanês, Hamad Hassan, informou a jornalistas do lado de fora de um hospital que pelo menos 50 pessoas morreram em decorrência da explosão. Além disso, o incidente deixou, por enquanto, 2.750 feridos, que estão sendo encaminhados para hospitais da cidade. Os números estão sendo atualizados ao longo do dia.

O telefone de plantão consular da Embaixada do Brasil em Beirute está disponível para informações sobre a situação dos brasileiros no Líbano pelo número +961 70108374.

O núcleo de assistência a brasileiros em Brasília também está à disposição para informações, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, pelos telefones +55 61 2030 8820/6756/6753 e pelo e-mail dac@itamaraty.gov.br.


FONTE : UOL