12 / 07 / 2020 - 15h11
Major Olimpio ameaça deixar o PSL se houver reaproximação com Bolsonaro

O senador Major Olimpio (PSL-SP) ameaçou deixar o PSL caso o partido se reaproxime do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). "Se isto acontecer, sentirei muita saudade do partido. TCHAU QUERIDOS!", escreveu ele em uma rede social.

No post, político fez uma referência a uma reportagem do jornal O Globo "dando conta que Bolsonaro busca reaproximação com o PSL para ampliar sua base, e que ligou para Bivar e que o vice-presidente do partido, Rueda e Flávio Bolsonaro costuram a aproximação, me deu vontade de vomitar", escreveu ele em seu perfil no Twitter.

Bolsonaro foi eleito presidente pelo PSL, mas se desfiliou do partido em 2019 para tentar criar uma nova legenda, o Aliança Pelo Brasil.

Em abril deste ano, o PSL entrou com um pedido de impeachment contra o presidente devido ao episódio da troca do comando na Polícia Federal. O pedido foi protocolado pela líder do PSL na Câmara dos Deputados, Joice Hasselman, ex-aliada da família Bolsonaro.